quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Palestras e visitas técnicas DURANTE A sEMANA DA eNGENHARIA







23º SEWMANA DA ENGENHARIA - IEP




ENGENHARIA, aplicação do conhecimento científico, conhecimento econômico, conhecimento social e prático, querer inventar, desenhar, construir, manter e melhorar estruturasmáquinasaparelhossistemasmateriais e processosprofissão, ciência holística, técnicos na criação, aperfeiçoamento, IEP, 23ª Semana da Engenharia 2017, José Rodolfo de Lacerda


23ª Semana da Engenharia 2017
POSTED ON: NOVEMBRO 18, 2017 BY: IMPRENSA
23ª Semana da Engenharia do IEP acontece de 04 a 09 de dezembro
Em sua 23ª edição, a Semana da Engenharia do IEP dará destaque para os modelos e estratégias disruptivas que estão transformando negócios, produtos e serviços no universo das engenharias e criando uma nova base de conhecimento e consciência em nível global. O evento, que acontece entre os dias 04 e 09 de dezembro, terá palestras, painéis e visitas técnicas, com uma programação que inclui diversas atividades, entre elas, a entrega do Troféu Paraná de Engenharia e premiação do 10º Concurso de Fotografia de Engenharia no Brasil.
Entre os assuntos principais que serão abordados na semana, estão temas relacionados à internet das coisas, emprego da tecnologia BIM ((Building Information Modeling – Modelagem de Informações da Construção), indústria 4.0 ou Quarta Revolução Industrial, ampliando a perspectiva de novos negócios e elaboração de projetos com realidade virtual, tecnologias de georreferenciamento, entre outras formas de inovação e competitividade no campo das engenharias.
A Semana da Engenharia terá também painéis e palestras relacionadas à agronegócios, gestão e empreendedorismo, passando por conceitos relacionados à liderança e aplicação de novas normas de responsabilidade civil e criminal que envolvem a atividade profissional de engenharia.
Para o presidente do Instituto de Engenharia do Paraná – IEP, José Rodolfo de Lacerda, a Semana da Engenharia é uma oportunidade única de confraternização e aprimoramento técnico e profissional, que mobiliza praticamente todos os setores produtivos industriais, em torno de palestrantes de renome nacional e expositores da iniciativa privada e setor público, além de importantes instituições de ensino vinculadas às diversas áreas da engenharia, arquitetura e agronomia.


São painéis, palestras, debates e visitas técnicas às empresas que acontecem durante toda a semana, sendo que o último dia é também reservado para a entrega do TROFÉU PARANÁ DE ENGENHARIA, o qual premia: o Engenheiro do Ano; a Engenheira destaque em 2017, com o Troféu Enedina Alves Marques, e o Troféu In Memoriam, aos familiares do agraciado.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Em memória de um grande mestre - o Professor Ivo Mezzadri

Perder um amigo generoso – Professor Ivo Mezzadri

Dia 23 de maio de 2017 foi um dia triste, ir ao velório do professor Ivo Mezzadri (Wille, 2017) que aprendi a admirar quando professor do CEFET, Engenharia de Operação, na década de 1977 a 1981. Voltei a encontrá-lo em reuniões e eventos da FIEP, principalmente na discussão de uma proposta que me empolgava, a criação de uma biblioteca de livros técnicos digitais, na esperança de que mais cedo ou tarde viessem a ter acessibilidade plena e pudessem ser úteis a estudantes de baixa renda, PcD, etc.
Lamentei não sentir da UTFPR, naqueles poucos minutos em que cumprimentei sua família na Capela Rubi da Vaticano, indicações de pesar da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Procurei depois na internet e descobri um release (Ivo Mezzadri, 2017) incompatível com a grandiosidade desse ser humano.
Fui de táxi e voltei a pé, caminhando para relaxar e registrar detalhes de uma cidade que cresce demais, esquecendo profissionais na área de Engenharia; Curitiba precisa desesperadamente de bons profissionais na área Tecnológica.  
Técnicos e engenheiros devem muito a esse ilustre e brilhante Professor assim como a outros que viabilizaram um estado moderno em meio a um ambiente conservador demais.
Do CEFET-PR à UTFPR muitos se destacaram na sua formação, mas o DNA estava no sangue do professor Ivo Mezzadri.
Para mim, pessoalmente, a surpresa de trabalhar em uma escola muito bem administrada foi imensa, pois tivera outra imagem em outra universidade. Mais ainda conhecer lugar de laboratórios bem feitos, operados por alunos sedentos de conhecimento e mestres dedicados.
Da Copel via com entusiasmo um ambiente escolar com um único defeito: estava muito perto da canaleta, torturando alunos, professores e equipamentos delicados que existiam ao longo da poluição de máquinas externas mais e mais barulhentas e autênticas vibradoras do solo e ouvidos de todos.
O Professor Ivo deixou cedo demais nosso convívio àquela época, vítima de um bandido que lhe baleou covardemente.
Ainda que limitado pelas balas de uma assaltante produziu muito, recusando uma aposentadoria que teria direito em qualquer praia desse sul do Brasil.
Nossos pêsames à sua família e ao povo brasileiro. Em tempos tão turbulentos perdemos uma pessoa digna de todos os nossos sentimentos de amor à Pátria.

João Carlos Cascaes
Curitiba, 24.5.2017
Lembrandoo momentos com o Professor Ivo Mezzadri. (23 de 5 de 2017). Fonte: Mirante da Educação: http://mirante-da-educacao.blogspot.com.br/2017/05/lembrandoo-momentos-com-o-professor-ivo.html
Wille, J. (22 de 5 de 2017). Morre o professor Ivo Mezzadri, que mudou a história da UTFPR. Fonte: PARANÁPORTAL: http://paranaportal.uol.com.br/blogs-memoria-paranaense/ivo-mezzadri-foi-o-professor-que-mudou-a-historia-da-utfpr/